10/10/2017

Em Codó, mãe e filha são assassinadas a golpes de marreta e cassetete

Um crime bárbaro chocou os moradores na manhã desta segunda-feira (09) no município de Codó. Um homem identificado como Antônio Bezerra de Jesus, 52 anos de idade, matou duas mulheres, mãe e filha. O crime aconteceu na rua S Silva, no bairro São Pedro.
Pessoas que moram próximo ao local do crime nos relataram que o assassino, que é casado com uma mulher que está internada na cidade de São Luís, teria chegado em sua casa na companhia das duas mulheres no início da manhã de hoje.  Por volta das 10 horas foram ouvidos gritos vindos de dentro da residência. Eles acionaram a Polícia Militar que efetuaram a prisão em flagrante de Antônio Bezerra.
Casa onde o crime aconteceu fica localizada na rua S Silva, no bairro São Pedro.
Dentro da casa foi encontrado os corpos das duas vítimas, os objetos usados para cometer o assassinato e muito sangue. No quintal um grande buraco havia sido cavado pelo criminoso que planejava enterrar as duas mulheres.
Objetos que foram utilizados por Antônio Bezerra para cometer os assassinatos.
O delegado responsável pelo caso, Zilmar Santana, nos informou que dois objetos foram usados pelo criminoso, uma marreta e um cassetete. Antônio Bezerra confessou para os policiais a autoria do crime e argumentou que o motivo seriam empréstimos que uma das vítimas teria feito em seu nome. No entanto essa versão é contestada pela polícia, que acredita que os dois tenha feito algum empréstimo e a parte do assassino não teria sido repassada para ele.
As vítimas foram identificadas como sendo Naia Alves de Sousa, de 32 anos de idade, e sua filha Ellen Grabriely Alves de Sousa, de 13 anos de idade. As duas residiam na Travessa Biné Figueiredo, bairro Santa Teresinha, na região do Codó Novo. Ambas são naturais do município de Dom PEDRO-MA. Naia tinha outra filha de 10 anos de idade que entrou em desespero quando soube da morte de sua mãe.
Investigadores da Polícia Civil continuam investigando o caso.

10/03/2017

"PEDOFILIA" Um crime que tem crescido em Açailândia e as autoridades de braços cruzados

AÇAILÂNDIA - Os crimes sexuais contra crianças e adolescentes vem crescendo a cada dia em proporções avassaladora. Em Açailândia por exemplo, existem casos e mais casos, de crianças e adolescentes que são molestada por pais, padrastos, vizinhos e até por pessoas importantes da cidade.  Podemos citar aqui alguns dos fatores importantes para o crescimento desse tipo de crime no município, onde os verdadeiros culpados não vão pra cadeia.

Existem determinadas situação, em que as vezes a mulher se separa do seu primeiro marido com filhas adolescente , arranja  um outro homem, coloca dentro de casa e o mesmo passa a molestar a enteada, sempre fazendo ameaças caso ela abra a boca. Em alguns casos, a mãe descobre que o marido está molestando a filha, e resolve não denunciar  com medo de morrer. Sempre que acontece um caso em que a mulher descobre que o marido está abusando da filha,  elas alegam  que não denunciam porque caso ele seja  preso, ela vai passar fome  com os filhos.

Uma outra situação é que o conselho tutelar não age da forma como deveria. Quando algumas mulheres, criam coragem e faz a denuncia, falta agilidade, e um apoio maior junto a justiça, para que essas mulheres se sintam seguras. 

O fato é que a cidade de Açailândia, a pedofilia rola solta, e as nossas autoridades  parece que não estão nem ai pra esse tipo de crime absurdo, que vem acabando com as famílias Açailandenses.












9/29/2017

"AÇAILÂNDIA" Uma cidade onde seu povo, vem perdendo as esperanças a cada dia.

AÇAILÂNDIA - A crise politica e financeira que assola o pais, pega de cheio também os municípios, que terminam sendo atingidos principalmente onde aqueles  representantes não tem muito compromisso com a cidade e seu povo.

Trazendo aqui pro âmbito. local Em Açailândia, a situação talvez seja pior em todo o estado.

São mais de 5 mil pessoas desempregadas, e ao que parece não se ver nenhuma movimentação por parte da classe politica local, com interesse de ajudar  mudar essa realidade. O que ver hoje é muito blá blá, e nenhuma ação concreta. As lojas estão fechando suas portas e consequentemente mais pessoas são jogadas nas ruas sem empregos e sem nenhuma perspectiva de vida.

A classe empresarial também foi atingida de cheio. Fora todos os fatores negativos vividos por esses empresários, eles chegam a pagar um dos impostos mais caro do pais, por uma decisão recente por parte do governo do estado que aumento as tarifas em um valor absurdo, segundo eles.

Observa-se, que em todo pais a população brasileira, vem desacreditando cada vez mais na classe politica. É sempre a mesmas coisa. Em época de eleição eles falam, prometem um monte de coisas, mais na pratica mesmo,uma vez eleitos, viram as costas não estão nem ai pro povo. Essa que é a grande realidade.

AÇAILÂNDIA
Entre todos municípios os maranhenses Açailândia, talvez seja umas poucas cidades onde a população não acredita mais na classe politica local.  O descredito dos que se dizem representantes do povo, é visível em qualquer lugar que você anda. 

Mais no ano que vem tem eleição novamente. E todos essas promessas não cumpridas, serão renovadas mais uma vez em palanques, em uma tentativa de mais uma vez ganhar a confiança do povo com mentiras e promessas mirabolantes. "FIQUEM DE OLHO!".








9/27/2017

Mulher espanca homem que queria estuprar ela e a sua filha de 3 anos


Um homem foi preso pela Polícia Militar na última quarta-feira (20) após tentar estuprar uma mulher na cidade de Rondonópolis (MT), a 218 km de Cuiabá.

A vítima, de 19 anos, relatou que estava dormindo na sala com a sua filha, de 3 anos, quando foi surpreendida e ameaçada pelo indivíduo com uma faca. A porta dos fundos da casa estava aberta e a mulher não percebeu a entrada do criminoso.

Segundo a Polícia, Damião de Jesus Marques, de 28 anos, tentou estuprar a jovem e também ameaçou estuprar a filha dela. Ele também avisou que mataria as duas depois de violentá-las.

Em depoimento, Damião contou que tinha ingerido bebida alcoólica. Ao invadir a residência, Damião disse à vítima que a mataria se ela reagisse e ainda perguntou: “você não tem medo de morar sozinha?”.

Salvação

Após as ameaças, o agressor tentou arrastar a jovem à força para um quarto. A moradora aproveitou o momento em que Damião ficou de costas, pegou um pedaço de madeira e conseguiu golpeá-lo na cabeça.

O suspeito tentou pegar a faca e foi golpeado novamente pela jovem. A moradora conseguiu tomar a faca de Damião e imobilizá-lo até a chegada dos policiais militares.
Damião foi encontrado caído na cozinha, recebeu atendimento dos médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Em seguida, ele foi levado para a delegacia.

Fonte: Jornal Pequeno

9/25/2017

No Brasil, 45% da população ainda não têm acesso a serviço adequado de esgoto

O Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) considera como atendimento adequado de esgoto sanitário o uso de fossa séptica ou rede de coleta e tratamento de esgoto. Dentro desse critério, 55% dos brasileiros dispõem do serviço adequado.

A publicação aponta que 43% são atendidos por sistema coletivo (rede coletora e estação de tratamento de esgotos); 12%, por fossa séptica (solução individual); 18% têm o esgoto coletado, mas não é tratado; e 27% não têm qualquer atendimento.

Foram realizadas avaliações em cada um dos 5.570 municípios do país, sempre considerando as diversidades regionais e a abordagem por bacia hidrográfica. No estudo, são consideradas exclusivamente as residências urbanas e não foi avaliada a prestação do serviço na área rural.

O documento divide o país em 12 regiões hidrográficas: Amazônica, Tocantins-Araguaia, Atlântico Nordeste Ocidental, Parnaíba, Atlântico Nordeste Oriental, São Francisco, Atlântico Leste, Atlântico Sudeste, Atlântico Sul, Uruguai, Paraná e Paraguai.

Investimentos

De acordo com o Atlas Esgotos, a universalização do esgotamento sanitário na área urbana do país necessitaria de R$ 150 bilhões em investimento, tendo como horizonte o ano de 2035. Cerca de 50% dos municípios, que precisam de serviço de tratamento convencional de esgoto, demandam 28% do valor estimado. Já 70 dos 100 municípios mais populosos requerem solução complementar ou conjunta e concentram 25% do total de investimento.

Os custos com coleta e com tratamento variam conforme a região, sendo maiores no Norte e menores no Sudeste. Para o Brasil como um todo, os gastos com coleta representam 2,7 vezes mais do que os previstos em tratamento.

Entretanto, segundo a ANA e o ministério, apenas o aporte financeiro não é suficiente para a universalização, sem capacidade adequada de administração do serviço. No país, existem vários exemplos de sistemas de coleta e tratamento de esgoto que foram abandonados ou sequer entraram em operação devido a problemas associados a gestão.

Na maioria dos municípios (4.288) o serviço é prestado pela própria prefeitura ou há um prestador que precisa aprimorar a capacidade de gestão. Entretanto, parte significativa da população urbana (87 milhões de habitantes), projetada para 2035, está nos municípios cujo prestador de serviço tem situação institucional consolidada.

Segundo o Atlas Esgotos, os serviços de esgotamento sanitário podem ser prestados de forma indireta, quando delegados para autarquia municipal, companhia estadual ou concessionária privada; ou de forma direta, sem prestador de serviço, sendo realizado pelas próprias prefeituras.

O estudo ressalta que, mesmo com as duas possibilidade de organização, há municípios sem coleta e tratamento de esgoto.

Nesse contexto, 2.981 municípios têm delegado os serviços de saneamento (forma indireta), sendo que cerca de 50% deles têm coleta e tratamento de esgotos, alcançando pelo menos 10% dos habitantes. Por outro lado, 2.589 municípios não têm prestador de serviço, e apenas 5% desse grupo oferecem tratamento coletivo de esgoto.

A forma indireta de gestão é adotada pelas cidades maiores que delegam, na maior parte das vezes, o serviço para companhias estaduais. Nos municípios de pequeno porte, o serviço fica a cargo das prefeituras. Ao observar as regiões, na porção leste do país (Nordeste, Sudeste e Sul), é possível identificar que a maioria dos municípios tem serviço de esgotamento sanitário delegado, enquanto mais a oeste (Norte e Centro-Oeste) predominam aqueles cuja responsabilidade pela prestação do serviço recai sobre as prefeituras.

Carga orgânica

Conforme o estudo, o Brasil produz cerca de 9,1 mil toneladas de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO) por dia, parcela orgânica dos efluentes vindos do esgoto doméstico. Desse total, 48% são provenientes de 106 municípios com população acima de 250 mil habitantes.

A DBO é um dos mecanismos usados para medir a poluição das águas e a qualidade do tratamento de esgoto. Quanto mais DBO, maior o grau de poluição na água.

De acordo com o atlas, durante o tratamento, 60% de DBO precisam ser removidos. Entretanto, na maioria das cidades brasileiras (4.801) os níveis de remoção da carga orgânica são inferiores a 60% da quantidade gerada.

Os baixos níveis de remoção são encontrados em todas as regiões, em especial no Norte e no Nordeste. Dos 5.570 municípios, 70% removem no máximo 30% da carga orgânica gerada.

No outro extremo, apenas 769 cidades (14%) têm índices de remoção de DBO superiores a 60%, concentradas principalmente na Região Sudeste. Apenas 31 dos 100 municípios mais populosos conseguem remover carga orgânica acima de 60%.

Em relação à unidades da Federação, apenas o Distrito Federal remove mais de 60%. Os estados de São Paulo e Paraná chegam perto desse índice, enquanto que nos demais estados os índices são menores.

No país, de toda a carga orgânica gerada (9,1 mil toneladas de DBO/dia), somente 39% são removidos nas estações de tratamento de esgoto.

Com isso, uma parcela significativa de poluentes é lançada diretamente nos corpos d’água das bacias, “comprometendo a qualidade das águas para diversos usos, com implicações danosas à saúde pública e ao equilíbrio do meio ambiente”, de acordo com a publicação. Pelo menos, cerca de 110 mil quilômetros de cursos d’água, notadamente na porção leste do país, têm baixa qualidade de água.

Fonte: Agencia Brasil

9/19/2017

A vida e os caminhos das oportunidades

Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém.
Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem.

Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar outro alguém.
Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também.

Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem.

Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém.

Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, tô despreocupado, com a vida eu tô de bem. 

Sigo a vida conforme o roteiro, sou quase normal por fora, pra ninguém desconfiar. Mas por dentro eu deliro e questiono.

Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, uma alegria que caiba dentro da bolsa. Eu quero mais que isso. Quero o que não vejo. Quero o que não entendo. Quero muito e quero sem fim.

Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar. Por isso, não me venha com superfícies, nada raso me satisfaz.

Eu quero é o mergulho. Entrar de roupa e tudo no infinito que é a vida. E rezar – se ainda acreditar – pra sair ainda bem melhor do outro lado de lá. 

Que todos os seus dias sejam felizes e cheios de muita Luz!

Abraços e muita paz!

9/14/2017

A Pedido de Sérgio Vieira “Aulão do ENEM” foi realizado em Açailândia.



No último, (10 de setembro/2017), estudantes de Açailândia, candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) participaram do “Aulão do Enem” realizada na Escola Professora Norma Suely (Antigo Izabel Cafeteira), em Açailândia. As aulas de mega revisão gratuita promovidas pelo Governo do Maranhão, realizadas na capital e em alguns municípios do interior do estado, contemplaram as disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura, Espanhol, Inglês.

Mais de 60 municípios maranhenses já receberam o Aulão do Enem com o objetivo de preparar melhor os estudantes de todas as regiões para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), porta de entrada para o ensino superior. Em Açailândia o evento aconteceu pela primeira vez e contou com o apoio e parceria da Secretária de Educação Maysa Vieira e do Secretário de Desporto e Juventude Glen Soares.
Em razão da grande demanda e interesse dos alunos de Açailândia, o então deputado Sérgio Vieira, á época se preocupou e fez pedido através de requerimento junto ao Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Jhonata Almada, onde solicitou a inclusão de Açailândia como participante do projeto “Aulão do Enem”, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, o que foi concretizado no último domingo, 10.

Sérgio Vieira entende que é através da educação que muito jovens terão seus futuros definidos, bem como a realização profissional de cada um em particular. “A nossa cidade, Açailândia é um celeiro de jovens que procuram andar sempre alinhado aos estudos, pensando no futuro. Temos jovens inteligentes e estudiosos que poderão num futuro bem próximo contribuir de alguma forma com o desenvolvimento da cidade. Por este motivo é que me empenhei e busquei junto ao Jhonata Almada, Secretário de Estado, a realização do Aulão para a classe estudantil de Açailândia. Fiz apenas a minha obrigação como representante do povo da minha cidade que á Açailândia”, finaliza Sérgio Vieira.

Da Assessoria // Por Antônio Maria

9/13/2017

"POLÍCIA" pós morte de PM, sete pessoas foram executadas em Parauapebas



O município de Parauapebas, no sudeste do Pará vive um momento de clima tenso e delicado no que diz respeito a segurança pública.
Após a morte de forma cruel do Cabo Santarém, crime que chocou a cidade na noite da última segunda-feira (11), outras sete pessoas tiveram a vida interrompida através de execuções praticadas por uso de armas de fogo em várias partes da cidade.
O crime mais recente foi registrado por volta das 22h00 desta terça-feira (12) no Bairro da Paz, onde um homem de identidade ainda não revelada pelas autoridades policiais, recebeu um balaço na testa e não teve nenhuma chance de reação, caindo e morrendo instantaneamente. De acordo com informações apuradas no local, os autores do crime estavam em uma motocicleta e após praticarem o ato, fugiram em rumo desconhecido.
Toque de recolher
No começo da noite de hoje, o Portal Pebinha de Açúcar divulgou uma matéria onde o policial civil Odorico Almeida, o Rambo, desmentia uma mensagem que circula em grupos de WhatsApp, dando conta de um suposto toque de recolher a partir das 22h00, porém, muitas pessoas não saíram de suas residências e a várias ruas de Parauapebas estão desertas.
Até o fechamento desta matéria o Comando do Batalhão de Policia Militar de Parauapebas ainda não tinha se manifestado sobre as sete mortes.
Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá, tendo em vista que o IML de Parauapebas, localizado no Cemitério Jardim da Saudade, se encontra fechado para reformas, após o telhado do prédio ter sido atingido e danificado por ventos fortes.
Boataria
Infelizmente as redes sociais estão sendo usadas de forma negativa por muitas pessoas, que estão compartilhando a cada momento fotos de pessoas mortas e afirmando que os casos são recentes, e acabam aterrorizando ainda mais os populares, porém, muitas delas são de casos antigos.
Sobre essa boataria, até mesmo o Juiz Líbio Moura se manifestou, confira: “O importante nesse exato momento em Parauapebas, em que não vai se mudar nada do dia pra noite, é que os amigos da imprensa ajudem a não espalhar o pânico. As informações devem ser checadas com maior cautela, porque da forma que as redes sociais estão divulgando, parece que já morreram 30 pessoas”.

Após balear madrasta com arma de fogo, irmão é morto pelo própio irmão a golpes de facão na zona rural de Buriti


Ontem 07/09/17, por volta das 19:00 horas, em uma briga entre familiares, terminou de forma fatal, onde ocorreu um homicídio no povoado Tingidor, zona rural de Buriti - MA, bem como duas tentativas de homicídio, segundo informações colhida junta a Policia Militar, NILTON RODRIGUES DO CARMO, 38 anos de idade, embriagado teria atirado com uma ESPINGARDA tipo BATE BUCHA, em sua madrasta MARIA DOS SANTOS, vindo a atingi-la na região do ABDÔMEN e um CHUMBO atingiu a perna de sua própria filha identificada por NAYRA. 


Armas usadas no crime

Momento em que o seu irmão JOSÉ DA CONCEIÇÃO, desferiu contra NILTON golpes de FACÃO, acertando-o no rosto, queixo e pescoço. Lesões que levaram NILTON a ÓBITO no local. 
As vitimas feridas pelo disparo da arma de fogo, foram levadas para o Hospital de ANAPURUS-MA, o corpo de NILTON foi encaminhado para o necrotério na cidade de Buriti, os Policiais Militares que atenderam a ocorrência fizeram várias diligências nos povoados vizinhos, mas não obtiveram exito na captura do assassino.

9/12/2017

Identificadas todas as vítimas do acidente na BR-222 em Açailândia

Ocupantes do Gol.
IMPERATRIZ – O Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz indentificou os nove corpos que foram vítimas do acidente entre um Gol e um Prisma, no fim da tarde desse domingo (10), em Açailândia (reveja).

As vítimas que estavam no Gol, apontado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por excesso de velocidade, foram identificadas como: Paulo Barreto e Zaine de Oliveira (casal), Telma Rodrigues de Oliveira, Lilian Glayce Rodrigues de Oliveira (filhas de Zaine) e Antônio Rodrigues (sobrinho de Zaine). As vítimas eram de Santa Inês e retornavam de Marabá. 

Já as vítimas do Prisma, que são de Imperatriz, foram identificadas como Josivalva Conceição de Sousa, esposa de Domingos Neto Alves dos Santos, único sobrevivente, o pai de Domingos, Antônio Alves Almeida, o filho Alysson da Costa Santos e a nora, Nayra Ferreira de Nelo. Todas as vítimas tiveram os corpos totalmente carbonizados. 

Ocupantes do Prisma.
Domingos só sobreviveu porque conseguiu sair a tempo do veículo, que pegou fogo logo em seguida. Ele ainda conseguir fazer uma ligação, onde avisou familiares da tragédia. Domingos teve 60% do corpo queimado e uma perfuração no pulmão. O homem que trabalha como garçom, está internado em estado grave no Hospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão, e respira com a ajuda de aparelhos. Ele já foi informado de que perdeu parte da família no acidente. 

Fonte: PRF.

9/11/2017

Nove pessoas morrem “carbonizadas” e outra fica gravemente ferida em acidente na BR-222, próximo a Reta

Das pessoas que estavam nos dois veículos, apenas um sobrevivei e está em estado grave
AÇAILÂNDIA - Um grave acidente foi registrado por volta das 17h30 deste domingo (10) na NR-222 à altura do KM 650, próximo ao Povoado Reta, distrito de Açailândia.
Uma colisão frontal entre um automóvel Prisma de placa PSO-5009 e um Gol de placas NXO-5190, matou nove pessoas carbonizadas e deixou outra gravemente ferida.
No gol que estava indo de Açailândia para Santa Inês estavam cinco pessoas, sendo três mulheres e dois homens: Zaine Rodrigues Barros (38); Paulo Sergio Barreto de Oliveira (33); Lilian Glayce Rodrigues da Silva (19); Telma Leticia Barros Silva (15) Antônio Barros Silvas, sendo os dois últimos, irmãos.
No prima, que segundo informações estava indo do povoado Córrego Novo para Imperatriz, estavam duas mulheres e três homens: Naira Ferreira de Melo (27); Alysson da Costa Santos (25); Antônio Alves de Almeida (80); Josinalva da Conceição Sousa (38) que também morreram carbonizados.
Do segundo veiculo (prisma) apenas o motorista identificado como Domingos Neto Alves Santos (47) que conseguiu sair do veiculo. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento de Urgência – SAMU trazido para o Hospital Municipal de Açailândia, de onde foi transferido para o Socorrão de Imperatriz.
Conforme frenagem verificada no local e relato do sobrevivente (Domingos), os policiais concluíram que o Gol, que seguia sentido Açailândia/Santa Inês estaria em excesso de velocidade e por isso teria perdido o controle na curva, invadiu a contramão e acabou colidindo de frente com o Prisma que vinha no sentido contrário.
Fonte: Blog do Antonio Marcos 

9/08/2017

Petrobras anuncia reajuste médio de 12,2% no gás de cozinha a partir desta quarta


Se reajuste for integralmente repassado ao consumidor, empresa estima que o preço do botijão pode ser reajustado, em média, em 4,2% ou cerca de R$ 2,44 por unidade.

Preço do botijão de gás tem variação na Grande BH, diz pesquisa. (Foto: Reprodução/TV Globo)
A Petrobras informou na terça-feira (5) que decidiu elevar em 12,2% em média o preço do botijão de gás de até 13 kg nas distribuidoras a partir desta quarta-feira (6), devido a estoques muito baixos e eventos extraordinários, como os impactos do furacão Harvey na maior região exportadora mundial de gás liquefeito de petróleo, nos Estados Unidos.
A Petrobras destacou que o reajuste previsto foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos. Se for integralmente repassado ao consumidor, a empresa informa que “o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 4,2% ou cerca de R$ 2,44 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos”.
A Petrobras informou que o Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) fará uma nova avaliação do comportamento deste mercado em 21 de setembro com possibilidade de subir ou baixar, de acordo com o comportamento do mercado internacional.
Em outro comunicado, a empresa informou reajuste de 2,5% nos preços das distribuidoras do GLP destinado a uso industrial e comercial, também válido a partir de hoje.
Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que o reajuste oscilará entre 11,3% e 13,2%, de acordo com o polo de suprimento, no caso do gás de cozinha. "A correção aplicada não repassa integralmente a variação de preços do mercado internacional, com isso, o Sindigás calcula que o preço do produto destinado a embalagens até 13 quilos ficará 16,56% abaixo da paridade de importação, o que inibe investimentos privados em infraestrutura no setor de abastecimento", informou.
Em relação ao GLP Industrial (para embalagens acima de 13 quilos), o reajuste irá oscilar entre 2,4% a 2,6%, dependendo do polo de suprimento, estima a entidade.
Na avaliação do Sindigás, o aumento do GLP para embalagens que atendem ao comércio e à indústria "é preocupante, pois afasta ainda mais o preço interno dos valores praticados no mercado internacional, impactando justamente setores que precisam reduzir custos. Com o aumento de preços, o Sindigás calcula que o valor do produto destinado a embalagens maiores que 13 quilos ficará 39,94% acima da paridade de importação".
Revisão de preços mensal
Pela nova política de preços adotada pela Petrobras, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) será revisado todos os meses.
Segundo a estatal, o preço final às distribuidoras será formado pela média mensal dos preços do butano e do propano no mercado europeu, convertida em reais pela média diária das cotações de venda do dólar, mais uma margem de 5%.
Em agosto, a Petrobras reajustou o preço do gás de cozinha residencial em 6,9%. Em julho, a Petrobras reduziu o preço em 4,5%, após ter aumentado o valor em 6,7% no mês anterior.

Carreta pega fogo na BR 010

Uma carreta baú carregada de peças de motocicleta vinha de Manaus/AM com destino final São Paulo/SP, quando, por volta das 18h15,  nas proximidades do Km 271 da BR 010,  o motorista avistou fumaça na lateral do cavalo trator e parou no acostamento na tentativa de controlar o fogo.

Sem meios adequados para apagar o incêndio, o fogo acabou consumindo toda a cabine. Com a chegada do Corpo de Bombeiros, ainda foi possível evitar a explosão do tanque de combustível, que estava cheio. Porém, o fogo chegou na parte da carga e a consumiu quase por completo.
A BR está parcialmente interditada. Uma equipe da PRF de Imperatriz está no local desde às 18h50. Às 23h, os policiais informaram que já foram utilizados cinco caminhões do Corpo de Bombeiros e ainda não  conseguiram apagar o fogo por completo.

A PRF presume que defeito mecânico pode ter ocasionado o início do incêndio.